Entrevistas

  • Entrevista para a TV Senado publicada em 06/2015

  • Entrevista para o blog Eu, papel e letras em 16/03/2015:
"EPL – Oi Graciele, tudo bem? Conte um pouco de você.
Graciele – Olá! Tudo bem sim, obrigada. Falar sobre mim nunca é fácil, rs. Eu tenho 23 anos, sou formada em Ciências Econômicas pela PUC Campinas, atuo no mercado financeiro e escrevo livros de histórias fantásticas desde os 13 anos. Atualmente eu tenho um livro publicado: “O Senhor da Luz – A Saga de Datahriun” pela editora Novo Século e tenho dois contos publicados de forma independente na Amazon: “Guardião de Memórias – O Escolhido” e “Uma história a Recordar – Um conto da série A Saga de Datahriun”." Continue lendo...
  • Entrevista para a revista Atrevidinha, edição de 03/2015


  • Entrevista para o Autormentados em 30/08/2014
  • Entrevista para o blog Clã das Sombras em 11/08/2014
2. O que lhe inspirou a escrever está obra? 
O universo fantástico sempre me inspirou. Para escrever esse livro eu me inspirei em O Senhor do Anéis, Eragon, As Crônicas de Nárnia e também em animes, como Naruto, D. Gray Man e Avatar. Continue lendo...
  • Entrevista para o blog Livros Fantásticos e Onde Habitam em 07/08/2014
1. Graciele, pra começar gostaria de saber se na sua infância você foi uma criança sonhadora que acreditava em contos de fadas e seres mágicos? 


Eu fui uma criança sonhadora sobre diversos aspectos, mas deixei de acreditar no papai noel aos 6 anos e não me lembro de ter acreditado em seres mágicos. Eu sempre gostei muito de contos de fadas e histórias fantásticas e queria que elas fossem reais, mas sabia que não eram.Continue lendo...

  • Entrevista para o blog Dicas Literárias em 01/07/2014
1. Quem é você? O que mais gosta de fazer? Lê em média quantos livros por mês?

Eu sou a Graciele Ruiz, tenho 22 anos, escrevo livros de fantasia, também sou bancária e estou terminando a minha faculdade de Ciências Econômicas. O que eu mais gosto de fazer é escrever e ler. A quantidade de livros que eu leio por mês depende muito do meu tempo disponível, mas eu tento ler pelo menos dois livros por mês.Continue lendo...
  • Entrevista para o blog Frases de Fallen em 23/06/2014:
" 1) Como você se sente fazendo parte da literatura nacional? Você acha que seu livro pode trazer algum aprendizado para a sociedade - leitores e fãs?
Graci: É maravilhoso fazer parte da literatura nacional, é um trabalho muito gratificante. "O Senhor da Luz" traz uma história de superação, de uma menina que superou medos e cresceu para realizar um sonho, então eu acredito que ela possa sim trazer algum tipo de aprendizado." Continue lendo...

  • Entrevista para o blog Abduzidas por Palavras em 05/06/2014
Joice: O que te motivou a começar a escrever o livro?

Graciele: Eu sempre gostei de escrever, o primeiro livro que eu comecei a escrever eu fui motivada pelo livro “O Diário da Princesa” da Meg Cabot, depois disso eu tentei escrever outros livros, escrevi alguns contos, alguns poemas...Continue lendo...
  • Entrevista para o blog Por uma Boa Leitura em 17/05/2014:
1)  Como decidiu escrever o primeiro livro? De onde veio a inspiração?

O Senhor da Luz – A Saga de Datahriun é o primeiro livro que eu terminei, antes disso eu tentei escrever vários outros, que não deram certo. A inspiração surgiu de livros e filmes de fantasia, como O Senhor dos Anéis, As Crônicas de Nárnia, Eragon e de animes, como Naruto e D.Gray Man, eu lia e assistia muitas coisas ligadas ao universo fantástico. A história surgiu quando eu estava conversando com alguns amigos sobre livros e animes na mesma hora comecei a rabiscar algumas ideias e a escrever a história e quando eu vi, eu estava tão apaixonada por esse universo que eu tinha que continuar escrevendo.Continue lendo...
  • Entrevista para a Academia Literária DF em 06/05/2014:
Academia: Em primeiro lugar, estamos muito contentes que você tenha aceitado ser nossa Parceira da Academia! Vamos começar pela autora. Quem é Graciele Ruiz?

Graciele: E
u sou uma garota sonhadora de 22 anos que mora em Campinas, estudo Ciências Econômicas na PUC, sou gerente em um banco e tenho uma paixão imensa por livros e a escrita o que me levou a escrever um livro de fantasia. Continue lendo...
  • Entrevista para a Rádio Justiça 104,7 FM programa Entretexto em 21/04/2014:

  • Entrevista para o blog Trilhas Culturais em 09/04/2014:
1 - Como você se definiria em uma frase?

Sou antes de qualquer coisa feita de sonhos e desejos, uma pequena mistura de criatividade, dedicação, curiosidade e uma pitada de perfeccionismo, porque são os detalhes que fazem a diferença. Continue lendo...
  • Entrevista para o site Experimento42 em 02/04/2014:
Exp42- Há seres bem diversos em Datahriun, que criam uma mitologia própria. Quais foram suas inspirações para criar o mundo e os habitantes?
R: Minhas inspirações vieram de animes, filmes e livros de fantasia. Eu comecei a ficar viciada em animes quando tinha uns 15/16 anos, assistia vários. Entre eles alguns que me inspiraram foram: Naruto, D.Gray-man e Kaze no Stigma. Entre os livros e filmes: As Crônicas de Nárnia, O Senhor dos  Anéis e Eragon. Continue lendo...
  • Entrevista para o blog Meu Mundinho Fictício em 20/03/2014:
1. Você se lembra do primeiro livro que leu na vida? Que idade tinha?

R.: Não me lembro do primeiro livro que eu li. Eu me lembro do primeiro livro que eu ganhei. Foi em 1998 eu tinha 6 anos, era o livro “Um Tesouro de Contos de Fadas”. É um livro mágico! A minha história favorita era “O Pássaro de Fogo”. Continue lendo...

  • Entrevista para o Blog Um Oceano de Histórias em 03/03/2014:
"1. Nome:
- Graciele Fernanda Ruiz Gonçalves
2. Idade:
- 22 anos
3. Há quanto tempo você gosta de escrever? 
- A verdade é que eu sempre gostei de escrever, adorava as aulas de redação, principalmente quanto era tema livre, vivia inventando histórias malucas. Eu comecei a levar e escrita como hobbie depois dos meus 13 anos, eu descobri que não gostava de escrever, eu amava!"Continue lendo...

  • Entrevista para a Rádio Brasil AM 1270 kHz em 11/02/2014:
Vídeo da entrevista:

Áudio da entrevista:

  • Entrevista para o blog Lendo um Sonho e Afins em 24/01/2014:

1. Primeiro boa noite. Podia nos falar mais sobre o seu livro? 


Graciele: Boa noite, Laís! A estória “O Senhor da Luz – A Saga de Datahriun” se passa em Datahriun um mundo dividido em nove continentes, sendo cada um deles habitado por um clã com poderes diferentes. Existe uma lenda sobre uma misteriosa caixa aberta por cinco chaves, seu poder pode trazer a vida um planeta já morto: Datahriun. A saga começa com Lícia, uma garota de Kan, o clã do vento. Ela herdou uma dessas chaves de seu avô, que antes de falecer lhe fez um último pedido, queria ela procurasse os outros guardiões das chaves, os reunisse e que juntos achassem o templo em que estava guardada a caixa e trouxessem Datahriun de volta a vida. Lícia então parte para uma longa jornada a procura dos guardiões. Continue lendo...

  • Entrevista para o blog Cantinho para Leitura em 22/01/2014:

1) Lendo o depoimento que fez em seu blog, uma palavra veio a minha mente: persistente. Você nunca desistiu de encontrar o seu sonho, achei isso muito bonito. Pois todos nós sonhamos, mas ir à busca desses sonhos é que faz toda a diferença.
Então, para inspirar os leitores a se encontrarem, conte como uma bancária, que quase virou cantora e atriz virou escritora.

Graciele: Eu gosto de falar sobre sonhos, porque na minha vida inteira foi isso que me moveu. Eu posso não ter perseguido todos eles, mas eu nunca deixei de sonhar e nunca vou deixar, pois se eu não tiver um objetivo, algo para alcançar, eu me sinto perdida.
Na escrita eu realmente me encontrei e passei a desejar ser escritora com tanta intensidade que chegava a doer, por isso, eu não desisti, eu tinha que mostrar para mim mesma que eu era capaz de realizar esse sonho. Continue lendo...

  • Entrevista para o blog Bálsamo dos Livros em 15/01/2014:
1.  Esta é sua primeira entrevista a algum blog.

Graciele: Não, é a segunda.

2. Quando você teve a ideia de começar a escrever houve algum motivo especial para isso, alguém da família que já escrevia ou te incentivava a ler, ou você só queria colocar algumas ideias no papel? Conte-nos um pouco sobre sua experiência.

Graciele: Meus pais sempre me incentivaram a ler. Eu me lembro de quando tinha 6 anos, ganhei um livro que chamava "Um Tesouro de Conto de Fadas", foi um dos melhores presentes que já ganhei. Continue lendo...

  • Entrevista para o blog My Girly and Books em 20/12/2013:
MGB - Quando foi que decidiu se tornar escritor(a)?

Graciele: Eu comecei a escrever com 13 anos, escrevia algumas estórias, alguns contos e tudo o que escrevia eu mostrava para os meus amigos e um dia, no ensino médio, um amigo falou para mim: “Gra, porque você não tenta ser escritora?”, eu nunca tinha pensado em ser escritora profissional, eu escrevia porque gostava e para mim isso bastava. Continue lendo...